Como contratar? 5 dicas para ter um time campeão na Startup!

Tão grandes quanto as possibilidades de sucesso, as startups carregam também o desafio de fazer mais por menos, pelo menos quando o negócio ainda dá seus primeiros passos. Oferecer ao mercado uma proposta inovadora é bastante promissor e, para ver essa proposta deslanchar, você precisa contar com uma equipe talentosa e disposta a vestir a camisa do seu negócio.

Contudo, como garimpar um time vencedor quando a sua startup não dispõe de um departamento de RH, por exemplo? É só seguir as nossas dicas, que vão ajudar você a montar um time campeão.

1. Esteja envolvido no processo seletivo

Se a sua startup se encaixa no exemplo acima e não possui uma equipe ou pessoa com treinamento para realizar a seleção de funcionários, a participação direta do gestor que vai receber o novo profissional será imprescindível. Esse cuidado garante a contratação de uma pessoa que não apenas possui o perfil do negócio, mas que também tenha características que permitam uma convivência saudável no ambiente de trabalho.

2. Defina o perfil do profissional que você precisa em sua startup

Uma dica importante para você, que tem dúvidas sobre como contratar, é criar uma lista que possua todas as características que espera encontrar no novo integrante de sua equipe. Além dos pré-requisitos específicos para a sua startup, não se esqueça de incluir as características necessárias para esse tipo de negócio: espírito inovador, foco em resultados, capacidade de trabalhar em equipe são alguns exemplos de atributos esperados nesse tipo de profissional.

Defina também que tipo de vaga você pretende ofertar. Será um emprego fixo ou o momento exige a contratação de um estagiário ou freelancer?

3. Procure os canais certos para anunciar as vagas

Na internet estão as melhores plataformas que permitem o contato entre você e os candidatos, por isso invista em redes como Linkedin, Facebook e Twitter. Você pode colocar o seu anúncio também em outros sites que oferecem esse canal direto entre o futuro membro da equipe e a empresa.

Independentemente do caminho escolhido, não se esqueça de que o anúncio da vaga deve ser claro e objetivo, com todos os detalhes da função e os requisitos necessários para o seu preenchimento. Também é importante deixar claro qual é a filosofia da empresa.

4. Defina o orçamento disponível para a contratação

Com o orçamento mais apertado, pode parecer impossível a contratação de profissionais mais qualificados sem poder oferecer um salário compatível com a importância desse candidato. Realize uma pesquisa no mercado e tente entender o que esses profissionais buscam ao optarem pelo trabalho em uma startup e defina um orçamento para essas contratações.

Se você não dispõe de recursos para oferecer boa remuneração, é preciso conquistar o candidato e mostrar que o crescimento da empresa será também o crescimento dele. Maior autonomia e possibilidade de apresentar as próprias ideias são alguns dos fatores mais reconhecidos e valorizados pelos profissionais à frente de um alto salário.

5. Não se apresse para montar a equipe campeã

Resista a qualquer impulso durante o processo seletivo que impeça a realização de todas as etapas antes da contratação. Leia atentamente os currículos, participe da entrevista e certifique-se de fazer todas as perguntas que você julgar necessárias. Esse cuidado evita contratações equivocadas, que podem atrasar ainda mais os processos dentro da sua startup. Com o tempo, você aprenderá a otimizar esse trabalho encontrando profissionais cada vez mais alinhados com o perfil do seu negócio.

Vamos continuar essa conversa? Conte-nos aqui nos comentários quais são as suas estratégias sobre como contratar profissionais para a sua startup.

[:pt]Tão grandes quanto as possibilidades de sucesso, as startups carregam também o desafio de fazer mais por menos, pelo menos quando o negócio ainda dá seus primeiros passos. Oferecer ao mercado uma proposta inovadora é bastante promissor e, para ver essa proposta deslanchar, você precisa contar com uma equipe talentosa e disposta a vestir a camisa do seu negócio. Contudo, como contratar um time vencedor quando a sua startup não dispõe de um departamento de RH, por exemplo? As nossas dicas vão ajudar você a montar um time campeão.

1. Esteja envolvido no processo seletivo

Se a sua startup se encaixa no exemplo acima e não possui uma equipe ou pessoa com treinamento para realizar a seleção de funcionários, a participação direta do gestor que vai receber o novo profissional será imprescindível. Esse cuidado garante a contratação de uma pessoa que não apenas possui o perfil do negócio, mas que também tenha características que permitam uma convivência saudável no ambiente de trabalho.

2. Defina o perfil do profissional que você precisa em sua startup

Uma dica importante para você, que tem dúvidas sobre como contratar, é criar uma lista que possua todas as características que espera encontrar no novo integrante de sua equipe. Além dos pré-requisitos específicos para a sua startup, não se esqueça de incluir as características necessárias para esse tipo de negócio: espírito inovador, foco em resultados, capacidade de trabalhar em equipe são alguns exemplos de atributos esperados nesse tipo de profissional.

Defina também que tipo de vaga você pretende ofertar. Será um emprego fixo ou o momento exige a contratação de um estagiário ou freelancer?

3. Procure os canais certos para anunciar as vagas

Na internet estão as melhores plataformas que permitem o contato entre você e os candidatos, por isso invista em redes como LinkedIn, Facebook e Twitter. Você pode colocar o seu anúncio também em outros sites que oferecem esse canal direto entre o futuro membro da equipe e a empresa.

Independentemente do caminho escolhido, não se esqueça de que o anúncio da vaga deve ser claro e objetivo, com todos os detalhes da função e os requisitos necessários para o seu preenchimento. Também é importante deixar claro qual é a filosofia da empresa.

4. Defina o orçamento disponível para a contratação

Com o orçamento mais apertado, pode parecer impossível a contratação de profissionais mais qualificados sem poder oferecer um salário compatível com a importância desse candidato. Realize uma pesquisa no mercado e tente entender o que esses profissionais buscam ao optarem pelo trabalho em uma startup e defina um orçamento para essas contratações.

Se você não dispõe de recursos para oferecer boa remuneração, é preciso conquistar o candidato e mostrar que o crescimento da empresa será também o crescimento dele. Maior autonomia e possibilidade de apresentar as próprias ideias são alguns dos fatores mais reconhecidos e valorizados pelos profissionais à frente de um alto salário.

5. Não se apresse para montar a equipe campeã

Resista a qualquer impulso durante o processo seletivo que impeça a realização de todas as etapas antes da contratação. Leia atentamente os currículos, participe da entrevista e certifique-se de fazer todas as perguntas que você julgar necessárias. Esse cuidado evita contratações equivocadas, que podem atrasar ainda mais os processos dentro da sua startup. Com o tempo, você aprenderá a otimizar esse trabalho encontrando profissionais cada vez mais alinhados com o perfil do seu negócio.

Vamos continuar essa conversa? Conte-nos aqui nos comentários quais são as suas estratégias sobre como contratar profissionais para a sua startup.